Portugal vs Grécia – Contabilidade Eurovisiva

Portugal_GreciaHoje vamos analisar a troca de pontuações entre os dois países que estão nas mãos dos agiotas internacionais que alcançam largos lucros à custo dos duros sacrifícios dos povos da Grécia e de Portugal.

A Grécia iniciou as suas participações no Festival da Eurovisão precisamente 10 anos depois de Portugal.

Contudo, este país esteve ausente do certame europeu de música em 1975, 1982, 1984, 1986. 1999 e 2000, O país de Sócrates (o filósofo) teve uma vitória em 2005 com Helena Paparizou e o célebre My number one, tendo registado seis presenças no Top5 europeu.

O país de Camões tem concorrido ao ESC desde 1964, tendo-se ausentado apenas em 1970, 2000, 2002 e 2013.

Até 2017 nunca tínhamos chegado à vitória e a melhor classificação que obtivemos foi um 6º lugar em 1996, com O meu coração não tem cor por Lúcia Moniz. Em 2017 Salvador Sobral com a canção Amar pelos Dois obtém a tão desejada vitória para Portugal.

Por terem estado em semifinais diferentes a Grécia e Portugal não trocaram votações em 2012, 2014 e 2015. Como a Grécia tem sido sempre finalista Portugal nestes três anos pôde sempre votar nas canções gregas, nas respetivas finais, porém não pontuou qualquer destas entradas.

Podemos dizer que Portugal gosta das canções gregas, tendo brindado este país com 81 pontos e os gregos retribuíram-nos com 61.

No que concerne aos zero pontos verificamos que Portugal ignorou 19 entradas gregas e a Grécia 16 canções portuguesas, o que significa que o júri português quando votou nos temas da Grécia o fez mais generosamente.

O júri luso deu apenas uma pontuação máxima à Grécia, foi na semifinal de 2011, ao tema Watch my dance por Loukas Giorkas feat Stereo Mike.

A pontuação mais alta do júri helénico para um tema português foi com a marca de 7 pontos precisamente para Penso em ti (eu sei) defendido por Adelaide Ferreira no ESC em 1985. Para além do júri grego. Só recebemos mais dois pontos que vieram da Turquia.

Portugal brindou a Grécia com três segundos lugares:
Em 1977 para o tema Mathima Solfege por Pascalis, Marianna, Robert & Bessy
Em 1979 a canção era Sokrati por Elpida
Em 1989 com o tema To dhiko su austeri defendido por Mariana

Os portugueses ficam a perder nesta troca de pontuações entre Lisboa e Atenas.

Para a semana voltamos com nova Contabilidade Eurovisiva entre Portugal e…

Fonte: Festivais da Canção | Artigo atualizado com o dados de 2017

Um pensamento sobre “Portugal vs Grécia – Contabilidade Eurovisiva

  1. Pingback: De 7 a 24 pontos todos os 41 países votaram em “Amar pelos Dois” – A contabilidade eurovisiva |

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s