Festival da Canção 2017 – O idioma

festival_2017_modeloDepois de termos feito uma reflexão sobre os sistemas de votação, que ao longo dos anos têm sido os responsáveis pelo apuramento das canções portuguesas para o ESC, vamos abordar uma temática que tem estado em foco quando se fala nos requisitos necessários para triunfar na Eurovisão, ou seja, a liberdade ou não de idioma.

A RTP nunca enviou ao ESC uma canção completamente interpretada noutro idioma que não o português. Na Eurovisão temos sido dos poucos países a cantar no seu próprio idioma.

Para muitos, um dos entraves a não termos ainda vencido o Festival da Eurovisão é o facto de cantarmos em português e não em inglês. Para muitos outros isto será uma falsa questão porque o facto de se cantar em inglês não será garantia de coisa nenhuma, defendendo que devemos levar algo bem português.

O que o regulamento do Festival da Canção 2017 irá dizer sobre este ponto ainda não foi divulgado, portanto tudo pode estar em aberto. Vamos fazer uma viagem pelos Festivais da Canção e destacar as canções que fizeram algumas incursões a outros idiomas.

De 1964 a 1979 todas as canções concorrentes nos Festivais da Canção foram interpretadas integralmente em português.

No Festival da Canção existiram as primeiras incursões a outros idiomas no Festival da Canção de 1980. A canção vencedora, Um grande, grande amor, interpretada por José Cid tem um refrão com palavras em inglês, francês, alemão e espanhol. Uma outra canção deste festival teve o seu título em inglês – Sef made man – interpretada pelos S.A.R.L.

Oito anos depois na Seleção Interna para a Eurovisão, Dora teve uma canção com o título em francês – Déjà Vu – porém a escolha dos jurados recaiu em Voltarei também por Dora.

No Festival da Canção de 1990, Os Helena utilizam na sua canção a palavra playboy.

Seis anos depois as canções que abriram e fecharam o desfile do Festival da Canção de 1996 tiveram os seus títulos em inglês, respetivamente Start, Stop por Vânia Marotti  e Top Model (Check In, Check Out) por João Portugal.

No Festival da Canção 2001 os Euro utilizaram a expressão my love.

Duas das maiores marcas em inglês de Portugal na Eurovisão foram as nossas representações em 2003 e 2005, respetivamente com Deixa-me sonhar (só mais uma vez) por Rita Guerra e com o tema Amar pelos 2B. Ambas as canções foram interpretadas em português e inglês. Rita Guerra na nossa seleção para a Eurovisão cantou o seu tema só em português, mas quando chegou a Riga e viu que a grande maioria dos países estava a cantar em inglês pediu autorização à RTP para cantar metade da canção em inglês e teve permissão para isso. Apesar disso a pontuação foi muito parca e injusta, o que pode levar a dizer que a questão do idioma poderá não ser determinante.

No Festival da Canção de 2006 todas as canções tiveram no final de cada uma frase em inglês com exceção dos temas interpretados por Madison Lúcia (maioritariamente em inglês) e o das vencedoras Nonstop, cujo refrão era em inglês, respetivamente as canções Na noite és tu e eu e Coisas de nada.

Sabrina no Festival da Eurovisão 2007 colocou algumas palavras em inglês, francês e espanhol na interpretação de Dança comigo (vem ser feliz).

No Festival da Canção 2009 Luciana Abreu cantou Yes we can e as Tayti recorreram ao italiano com a expressão que deu nome à canção Amore mio, amore mio.

Três anos depois a canção interpretada por Ricardo Soler recorreu ao latim com algumas expressões como a que deu nome ao tema, Gratia plena.

Também em 2014, Catarina Pereira trouxe-nos uma canção com título em latim, Mea culpa, expressão mencionada várias vezes ao longo da canção.

Das três vezes que Portugal cantou mais em inglês (2003, 2005 e 2006), na Eurovisão os resultados estiveram muito longe de serem satisfatórios, o que poderá querer dizer que a questão do idioma não é por si só uma garantia de boa classificação.

E para 2017? Liberdade de idioma? 100% em português? Em português com incursões em inglês?

Aguardemos pelo regulamento que ainda demora…

Fonte: Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.