Márcia em entrevista |exclusivo|

Márcia - Márcia

Márcia – Márcia

Márcia vai abrir o desfile das 16 canções concorrentes no Festival da Canção de 2017.

Esta compositora, autora e intérprete vai subir ao palco do Festival, na Primeira Semifinal que irá ter lugar a 19 de Fevereiro. É a Canção nº1 com o título: Agora com letra, música e interpretação da própria Márcia.

Já publicámos a entrevista que Márcia nos concedeu enquanto compositora a que pode aceder aqui. Agora passamos a publicar a entrevista concedida por Márcia enquanto cantora.

Festivais da Canção – Que significado tem para si pisar do palco do Festival da Canção pela primeira vez?
Márcia – Sempre imaginei um festival da canção que apresentasse canções que sejam demonstrativas do panorama musical português, de modo que estou muito contente com este formato invulgar que a RTP resolveu assumir. É um desejo muito antigo. 

FC – Como encarou o convite do seu compositor para participar no Festival da Canção deste ano (gracejámos)?
Márcia – Não tive hipótese de recusar. 🙂 Eu sou a minha compositora. 

FC – Quais são as expectativas para a sua canção neste Festival?
Márcia – Quero muito divertir-me porque, na verdade, estou entre amigos. Creio que o ambiente será de camaradagem e não de competição e estou muito curiosa para saber o conjunto de canções que sairá desta edição.

FC – Como descreve o seu tema poeticamente?
Márcia – É um tema bastante emotivo.

FC – Fale-nos da sua canção e tente enquadrá-la num ou em mais dos estilos musicais existentes.
Márcia – É uma canção que caberia facilmente num disco meu. Estaria muito bem no meu último disco, “quarto crescente”, porque partilha o mesmo universo sonoro e poético.

FC – Este ano a RTP decidiu optar por um novo modelo de votação, sendo que a escolha dos finalistas irá ser por televoto e por votação de um júri de sala. Concorda com este método de votação? Porquê?
Márcia – Não concordo nem discordo. Acho que isso cabe à RTP.

FC – Qual o estilista que vai cuidar da sua imagem no Festival da Canção?
Márcia – Pedro Pedro será o meu estilista e a minha imagem será cuidada pelo Ricardo Balbino, com quem costumo trabalhar.

FC – Na Eurovisão e no Festival da Canção só são permitidos seis elementos em palco. Quantos elementos irão estar consigo no palco e que funções desempenharão?
Márcia – Ainda não estou totalmente segura de como irei apresentar a minha canção, mas penso que terei apenas 4 pessoas a fazer coros, uma vez que há obrigatoriedade de playback instrumental.

FC – Conhecidos os 16 intérpretes deste Festival com qual dos restantes 15 preferia, extraconcurso, fazer um dueto, caso isso lhe fosse proporcionado?Márcia – Já fiz alguns com Samuel Úria e com a Luisa Sobral. Gostava de fazer um dueto com o irmão, Salvador Sobral, que é para mim, actualmente, um dos mais carismáticos cantores do nosso país.

FC – A RTP decidiu dar liberdade na escolha do idioma para apresentar os temas a concurso. Há quem defenda que para se triunfar na Eurovisão teríamos que apresentar um tema em inglês, no entanto, outros referem que se deve cantar sempre na nossa língua, defendendo assim as nossas tradições e identidade. Em qual destas duas correntes se insere?
Márcia – Eu escrevo e canto em português, francês e inglês e até já compus uma canção em italiano. Neste momento o meu idioma mais natural é a minha língua materna; o português. Não me faria sentido agora forçar-me a escrever noutra língua, sobretudo se motivada pela expectativa de ganhar.  Toda a gente sabe que ninguém sabe a fórmula das canções vencedoras.

FC – Complete a frase: “Representar Portugal na Eurovisão seria…”
Márcia – Um orgulho e uma boa surpresa.

FC – Este espaço é seu para divulgar o seu tema e a sua equipa, poderá escrever algumas linhas para divulgar a sua canção.
Márcia – Fiz esta canção como costumo fazer as canções que integram os meus discos e as que escrevo para outros intérpretes, quase como um desabafo. Depois trabalhei-a com os meus músicos com quem tenho imenso prazer em tocar.
Desta vez estarão presentes apenas na plateia e não em palco, mas farão sempre parte da minha equipa porque são essências na construção da minha musica e da minha confiança e guardaremos esta urgência de tocar juntos ao vivo para um concerto em Lisboa em breve.
Acho que vai ser uma edição muito bonita do festival da canção e tenho um enorme prazer em fazer parte.

FC – Agradecemos a Márcia a concessão desta entrevista.

Fonte: Festivais da Canção | Entrevista de Miguel Meira a Márcia

2 pensamentos sobre “Márcia em entrevista |exclusivo|

  1. Pingback: Canção nº1 Primeira Semifinal – “Agora” por Márcia – As suas declarações no Coliseu de Lisboa |

  2. Pingback: Canção nº 1 – Primeira Semifinal – “Agora” por Márcia – As suas declarações no Coliseu de Lisboa |

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s