Pluralmente comentamos “Se o Tempo Não Falasse” por Inês Sousa

Pluralmente comentamos hoje a Canção nº8 da Segunda Semifinal do Festival da Canção 2017, o tema Se o tempo não falasse, da autoria de Noiserv. Esta canção foi interpretada por Inês Sousa, tendo-se classificado em 8º lugar com 6 pontos, 3 provenientes do júri de sala e 3 dos telespetadores que se manifestaram em chamadas de valor acrescentado.

Vamos comentar e pontuar a canção Se o tempo não falasse.

Aqui está uma canção que se calhar preciso de mais tempo para falar dela. Quando a ouvi pela primeira vez achei-a completamente desajustada e sem um fio condutor concreto. Mas a minha opinião tem mudado radicalmente sempre que a ouço: cada vez gosto mais do que nos foi oferecido pelo Noiserv e pela Inês Sousa. “Se o tempo não falasse” não é uma canção fácil, de primeira audição. Atrevo-me mesmo a citar Fernando Pessoa “primeiro estranha-se, depois entranha-se”. Não considero que seja uma canção que possa reunir consensos: irá haver quem deteste e quem a adore.

Inês Sousa

 

Eu começo a fazer parte deste último grupo.
Pontuação 17/20 Vasco da Câmara Pereira

Uma canção de qualidade que fechou a apresentação das 16 propostas deste Festival. Não é canção que nos agarre à primeira audição, mas que precisa de ser apreciada com tempo para se desfrutar mais dela, tanto do seu complexo e sofisticado instrumental, como da voz e interpretação da Inês, uma das melhores cantoras deste Festival.
Pontuação 12/20 André Miguel Godinho

Uma canção agradável que não nos agarra logo à primeira audição. Um tema que se aprende a gostar, logo uma não qualidade para o fim a que se destinava, ou seja, representar Portugal na Eurovisão.
Esta canção tem um quê de caixinha de música. o tema que menos captou a atenção dos telespetadores e também a que menos cativou o júri. Contudo merece nota positiva.
Pontuação 11/20 Carlos Portelo

Acredito que, daqui a algum tempo, vá acabar por gostar desta canção, mas por agora não consigo perceber a lógica da música e aquilo que ela pretende ser e transmitir. É daquelas que precisam de tempo para serem apreciadas, e isso não é um bom sinal tendo em conta que estamos num concurso. Ainda assim, acho que Inês Sousa esteve muito bem, e foi bom ver o Noiserv em palco e envolvido neste Festival da Canção. Espero o seu regresso noutro ano!Pontuação 13/20 Gonçalo Esteves Coelho

Penso que esta era uma das canções mais aguardadas deste FC 2017, por ser composta por Noiserv e talvez isso a tenha prejudicado. Talvez os espetadores e os jurados esperassem algo transcendente, algo tão bom que assim que ouvíssemos a canção iríamos pensar “ É esta! É esta a canção que tem de nos representar em Kiev.”. E a verdade é que isso não aconteceu. Achei a canção lindíssima, sem dúvida, NADA merecedora do último lugar. Ainda assim, não considero que fosse adequada para nos representar em Kiev, pois não penso que nos fosse trazer uma grande classificação.
Pontuação 13/20 Guilherme Ruivo

De todas as dezasseis propostas que nos foram dadas a conhecer neste Festival da Canção, esta é de longe a mais alternativa de todas. Com certeza, é uma canção que desperta sentimentos muito opostos: ou se ama ou se odeia. Eu não sou especialmente fã do estilo, mas até gostava de ser porque, gostos musicais à parte, reconheço que a canção tem qualidades. Sendo um tema marcadamente “anti-festival”, não surpreende que tenha ficado em último lugar, mas também por essa característica acabou por contribuir para a diversidade musical.
Pontuação 12/20 João Velada 

Apesar de gostar deste tipo de canções, este tema não conseguiu agarrar a minha atenção. Eu também o teria deixado na semifinal.
Pontuação 10/20 Luís Pereira 

David Santos, foi mais um compositor convidado para fazer uma canção. Escolheu Inês Sousa para interpretar “Se o Tempo não falasse”. Melodiosa esta canção, no entanto não consigo entender o conceito Letra/Título. Um poema pequeno e ainda com a ajuda do ah ah ah, que dá muito jeito quando não há nada mais a acrescentar à escrita. Realço a interpretação da Inês, que esteve bem e de acordo com o tema que tinha a defender.
Pontuação 06/20 Maria Fernanda Fonseca 

Para mim esta foi a maior desilusão da noite. Esperava algo diferente do Noiserv, mas que ficasse mais no ouvido. Este tema parece-me bastante alternativo e de difícil audição, não cativando imediatamente que o escuta. Inês Sousa também me parece que terá muito mais capacidade vocal do que a que demonstrou neste tema algo sui generis. Foi sem dúvida o pior tema desta semifinal.
Pontuação – 08/20 Miguel Meira

Pontuação média da equipa de trabalho de Festivais da Canção para Se o Tempo Não Falasse.

Ranking das canções não finalistas:

Agora – Márcia – 16.44 2º Ao teu olhar – Beea – 13.55

O Teu Melhor – Rui Drumond – 13.55 4º Andamos no Céu – Helena Kendall – 12.88

My Paradise – David Gomes – 12.00 Se o tempo não falasse – Inês Sousa – 11.33

Para Perto – Golden Slumbers – 9.33

Without You – Lisa Garden – 8.33

Fonte: Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s