Esta Festa das Canções – O nosso painel comenta a canção Áustria

O nosso painel comenta agora a canção que vai representar a Áustria na segunda semifinal do Festival da Eurovisão, a ter lugar no dia 11 de maio.
Este país iniciou as suas participações no ESC em 1957, tendo estado ausente em 1969, 1970, 1973, 1974, 1975, 1998, 2001, 2006, 2008, 2009 e 2010.
A Áustria venceu o certame por duas vezes, em 1966 com Udo Jürgens e em 2014 com Conchita Wurst. As canções austríacas atingiram sempre a final do ESC, com exceção de quatro anos (2005, 2007, 2012 e 2013), ao longo das suas presenças eurovisivas conseguiram estar sete vezes no Top 5.
Este ano a Áustria concorre com a canção Running on Air, cantada por Nathan Trent.
Aceda aqui à nossa ficha referente à canção austríaca.

Comentários dos nossos convidados especiais à canção da Áustria:

Jorge MangorrinhaCorrendo no ar é o que dá: banal. 10/20

Nina PintoUma canção comercial, agradável que podia perfeitamente ser um hit nas estações de rádio mas não me parece ter força suficiente para estar na final a menos que surpreenda na apresentação em palco. 12/20

Nuno Marques da SilvaAs bolsas de apostas parecem não simpatizar com a proposta austríaca. Se esta mesma música fosse apresentada pela Austrália aposto que a reação seria outra. Não será nada de extraordinário mas ouve-se bem melhor que muitas outras. Deixa-me pelo menos muito bem disposto. 14/20

Pedro SáMesmo aquela musiquinha irritante e detestável. Insuportável. Que saudades da Zoë. 05/20

Sérgio Lourosa AlvesA Áustria traz-nos uma típica canção pop-acústica, ritmada, interessante, com um título e uma mensagem cheia de positividade. O cantor é bastante bom, consegue suportar tons agudos com segurança e faz variações de voz diferentes e que se enquadram perfeitamente com a música. Ouvimos “Running On Air” e um ligeiro sorriso esboça-se, dispõe bem, mas não sei se será a vencedor. Hit de rádio, com certeza. 16/20

Sofia Vieira LopesÉ uma proposta um pouco diferente das restantes concorrentes deste ano. O intérprete tem uma voz bastante bonita que se destaca nesta canção. No entanto, para mim, esta é mais uma “cançãozita”. Mais uma vez, fiquei com a sensação de já a ter ouvido em qualquer lado. 13/20

Carluz BeloQuem conseguir não se perder nas belas imagens dos Alpes ou na cor dos olhos do cantor, pode constatar que a Áustria traz-nos uma canção verdadeiramente simpática. O vocalista tem um timbre interessante por conseguir ser suave, com a dose certa de força. Não é uma canção para a vitória, mas marca um pouco a diferença por ser um “pop-swingado” a permitir-se respirar mais do que a maior parte das canções concorrentes. 16/20

João FerreiraNathan Trent estava a concorrer pela Alemanha quando a estação austríaca o convidou como escolha interna para esta edição eurovisiva. O tema “Running on air”, com um estilo groovy e muito pop, é bastante agradável. Quanto mais a ouço mais me agrada. Nathan é jovem, tem um ótimo look e a melodia deste tema foge ao formato da típica canção eurovisiva, o que é bom.
O intérprete tem experiência musical e a sua atuação em palco não deve desagradar ao público presente da arena.
Tem quanto a mim lugar na Final, embora na classificação geral não possa sonhar muito alto. 13/20

Comentários dos elementos do site Festivais da Canção à canção da Áustria:

André Miguel GodinhoExcelente aposta da Áustria este ano! Uma canção simples, com uma sonoridade muito atual, e que tem um efeito de nos conquistar à primeira audição. O cantor parece ser bastante carismático! 16/20

Carlos PorteloUm videoclip apelativo e um intérprete igualmente apelativo, porém uma pergunta se coloca: Como será esta canção insipida sem o videoclip? Resta saber se a apresentação em palco irá dar o que falta a esta canção que é mesmo muito… 06/20

Gonçalo CoelhoA Áustria volta a não desapontar! Running On Air é uma canção muito simpática, com boa vibe e uma melodia que facilmente conseguimos apreender e acompanhar. É impossível não seguirmos com o corpo o ritmo da canção e não terminarmos de a ouvir com um sorriso no rosto. Nathan é um cantor competente e tem, aliado a isso, uma imagem muito agradável e um sorriso super cativante. Poucos ficarão indiferente a esta canção, que está muito bem produzida e tem tudo para saltar para as rádios após o certame. Ainda que tenha sido posicionada no lugar da morte (o número dois do alinhamento), acho que o tema vai beneficiar do facto de estar entalado entre duas canções pop, que, sendo boas, são também demasiado vulgares. Assim, conto ver a Áustria na final de 13 de maio! 15/20

Guilherme RuivoÉ uma canção engraçada, contemporânea e que fica facilmente no ouvido, lembrando um pouco o que este país nos trouxe em 2013. É bem cantada, mas veremos como é apresentada em palco. A Áustria é um país bastante irregular nas suas classificações, sendo difícil prever o desfecho, mas não acho que vá ser um grande ano para esta nação. Depois de algumas propostas fortes e que se diferenciavam, esta sabe a pouco. 11/20

João VeladaUma balada pop muito simpática e cativante, que facilmente se poderá tornar num autêntico sucesso de rádio. Não sei até que ponto é adequada para um concurso como a Eurovisão, mas é certamente uma lufada de ar fresco que se destaca no meio das suas canções adversárias. 17/20

Luís PereiraA Áustria traz-nos um tema muito divertido e que facilmente se ouvirá nas rádios. É um tema que nos deixa divertidos e bem dispostos. Um tema que fica facilmente no ouvido. Estou curioso para ver como a vão apresentar em palco. 14/20

Maria Fernanda FonsecaEste país parece que recuou no tempo duas ou três décadas. Apresenta uma canção com muito mofo, para além daquela sonoridade do estalar de dedos que não acrescenta em nada a este tema “Running on Air”. Uma interpretação sem alma, muito “pobre” a participação deste país. Vale as bonitas paisagens do videoclip. 02/20

Miguel MeiraDesde a vitória que a Áustria conseguiu um novo ânimo para participar na Eurovisão, com temas sempre com qualidade. Este não foge à regra, um tema pop, bem interpretado, muito ao estilo do que ouvimos nas rádios. Ajudado por um intérprete que vocalmente cumpre e visualmente atrativo, creio que será fácil a passagem à final. 16/20

Vasco da Câmara PereiraApesar de discreta, simpatizo com a canção da Áustria, que se enquadra muito no género do trabalho de diversas boysband anglo-saxónicas. Não sendo uma obra-prima, não deixa de ser agradável de se ouvir e musicalmente bem construída. Nathan parece-me ser um cantor simpático e que poderá cativar pela sua jovialidade e alegria. 14/20

Pontuação Média dos Jurados Convidados: 12,37 Pontuação Média dos Jurados do Site Festivais da Canção: 12,33
Pontuação Total: 210 pontos | Pontuação Média de todos os jurados: 12,35
Intervalo de Pontuação entre: 02 e 17 respetivamente de Maria Fernanda Fonseca e de João Velada.

Fonte: Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s