Esta Festa das Canções – O nosso painel comenta a canção da Sérvia

A Sérvia iniciou as suas presenças no Festival da Eurovisão em conjunto com o Montenegro em 2004, mas foi em 2007 que se apresentou a solo e desde então apenas se ausentou em 2014.
A sua melhor classificação foi precisamente em 2007, ano da sua estreia no ESC, com o tema Molitva interpretado por Marija Šerifović. Apesar da sua curta participação no ESC a Sérvia já esteve por duas vezes no Top 5 eurovisivo.
As canções da Sérvia estiveram sempre nas finais do ESC, com exceção dos anos de 2009 e 2013.
Este ano a RTS indigitou internamente a cantora Tijana Bogićević e a canção In Too Deep para se fazer representar no ESC em Kiev.
A Sérvia sobe ao palco em 1º lugar na segunda semifinal, no dia 11 de Maio.
Aceda aqui à nossa ficha para a canção da Sérvia.

Comentários dos nossos convidados especiais à canção da Sérvia:

João FerreiraUma boa proposta vinda da Sérvia. Uma canção moderna e bastante contemporânea, defendida em palco por Tijana Bogićević. Os produtores são búlgaros e foram os responsáveis por ‘If Love Was A Crime’, o quarto lugar de 2016.
Muito dependerá do que acontecer em palco. Essa é a variável que poderá dar o passaporte para a final de uma canção um pouco acima da média, mas sem nada que a torne única nesta Eurovisão.  12/20

Jorge MangorrinhaProfundamente pouco inovadora e competitiva 13/20

Nina PintoUma das canções ”uptempo” deste ano mais bem conseguidas totalmente diferente ao que este país nos habituou, uma cantora experiente penso ser suficiente para marcar presença na final. 14/20

Nuno Marques da SilvaA abrir a segunda semifinal nada de novo. Seguimos na batida pop e claro em inglês. Começa de facto a aborrecer. Um leve, muito leve aroma a balcãs mas não mas do que isso. 10/20

Pedro SáMais um pop não particularmente memorável. Ouve-se. 13/20

Sérgio Lourosa AlvesMais uma música pop-eletrónica na Eurovisão deste ano. Não parece trazer nada de novo, contudo, as diferenças de ritmo entre as estrofes, mais calmas, e os refrões, mais ritmados, fazem com que a música se torne interessante. A parte final da música, com um instrumental com base étnica, consegue fazê-la destoar das restantes baladas-eletrónicas. Todavia, a Sérvia já trouxe anteriormente canções e baladas mais apelativas do que a deste ano. 12/20

Sofia Vieira LopesTijana Bogićević parece ter uma voz bonita, mas esta canção não me encanta. Um pop electrónico bastante banal. O solo de violino a meio da canção até é interessante e tenta dar outro ambiente, mas na verdade esta não passa de uma canção muito banal que me faz lembrar algumas coisas que já ouvi antes… 13/20

Carluz BeloApesar de eu não compreender a entrada exageradamente forte da bateria nesta canção, gosto da melodia principal da mesma e acho que o detalhe em que a vocalista canta “Spin me around” está particularmente bem conseguido, tal como a entrada dos violinos. Vídeo bem conseguido, produção musical interessante, mas que não necessitaria, a meu ver, de tentar ser uma canção tão “gritante”. 14/20

Comentários dos elementos do site Festivais da Canção à canção da Sérvia:

Vasco da Câmara PereiraMais uma canção pop mid-tempo, que se assemelha a tantas outras que já ouvimos noutro lado. É uma canção agradável, mas sem nada que a destaque ou que a torne memorável. Longe vão os tempos em que a Sérvia arriscava e se fazia representar por grandes canções. 11/20

André Miguel GodinhoUma canção sem identidade para um país que nos tem habituado a trazer sempre um pouco das suas raízes musicais. Só mais uma canção entre tantas, sem nada de novo. 10/20

Carlos PorteloUma canção banal que nada nos traz de novo, nem da cultura musical do seu país, apenas um ligeiro aroma que se perde nesta música de consumo rápido. Que saudades da qualidade Sérvia na Eurovisão, como o vencedor “Molitva” (2007) e o inspirado “Oro” (2008). 08/20

Gonçalo CoelhoSem ser uma canção extraordinária, a proposta da Sérvia é uma das minhas preferidas. Fácil de ouvir, fácil de gostar, fácil de trautear. Como disse, não é uma canção genial, mas nesta edição da Eurovisão poucas são e, portanto, a Sérvia fica bem colocada no meu ranking. Abrir a semifinal é um risco e creio que talvez fique esquecida no fim das 18 canções, até porque não sei até que ponto Tijana será sólida a nível vocal. De qualquer forma, é dos temas deste ano que mais oiço e considero-o bastante credível. 17/20

Guilherme RuivoNão tem qualquer ponto negativo, mas em videoclip. Em palco, é difícil imaginar como será. Este país não tem problemas com a encenação, como por exemplo a Macedónia que tem um tema do mesmo género, mas não sei se conseguirá manter o espírito do vídeo. O ponto mais positivo desta proposta é sem dúvida a cantora. Deverá passar a semifinal e merece-o, mas duvido que seja um grande ano em termos de pontuação para a Sérvia. Os temas uptempo são demasiado parecidos entre si, o que dividirá bastante os pontos. A canção sérvia, mais para o final até tem uns toques mais tradicionais, mas pode não ser suficiente para a fazer sobressair. Talvez se destaque, talvez não. 13/20

João VeladaCanção pop moderna e apelativa com umas transições bastante interessantes lá pelo meio. A voz da cantora é também uma mais-valia. Penso que a Sérvia estará na final por mérito próprio, embora não deva conseguir alcançar os dez primeiros lugares. Seja como for, é um tema de que gosto muito. 18/20

Luí PereiraGosto do vídeo mas a canção soa-me a déjà vu. A aposta da Sérvia parece-me um tanto ou quanto gasta soa-me a algo típico e tão característico do Melodifestivalen. A cantora tem uma excelente voz. Creio que tem grandes hipóteses de passar à final, mas na final não me parece que tenha uma boa pontuação. 11/20

Maria Fernanda Fonseca“In Too Deep”, mais um tema pop europeu que nós tanto ouvimos não só este ano como em anos anteriores. Não tem inovação, é mais do mesmo. Este país já nos mostrou composições melhores. Para além de vulgar é maçadora. 10/20

Miguel MeiraA Sérvia nos últimos anos tem andado meio perdida nos estilos musicais. Desta vez aposta num tema dance em inglês, que de sérvio tem muito pouco. Que saudades dos temas sérvios originais. Mais uma “suecada” que irá ser finalista facilmente, mas para mim não me convence, apesar da cantora interpretar bem o tema. 13/20

Pontuação Média dos Jurados Convidados: 12,62 Pontuação Média dos Jurados do Site Festivais da Canção: 12,33
Pontuação Total: 212 pontos | Pontuação Média de todos os jurados: 12,47
Intervalo de Pontuação entre: 08 e 18 respetivamente de Carlos Portelo e de João Velada.

Fonte: Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s