Esta Festa das Canções – O nosso painel comenta a canção da ARJ da Macedónia

A Antiga República Jugoslava da Macedónia iniciou as suas participações no ESC em 1998 e desde então até agora apenas esteve ausente em 1999, 2001 e 2003 devido a não ter tido votações suficientes que lhe permitisse concorrer nos anos mencionados.
A melhor classificação que este país obteve foi o 12º lugar em 2006. Desde a implementação do sistema de semifinais em 2004 a A.R.J. da Macedónia atingiu as finais em 2004, 2005, 2006, 2007 e em 2012.
Este ano este país selecionou internamente a cantora Jana Burčeska para se fazer representar em Kiev com a canção Dance Alone. Jana Burčeska concorre na segunda semifinal, dia 11 de maio e sobe ao palco em 3º lugar.
Aceda aqui à nossa ficha para esta canção.

Comentários dos nossos convidados especiais à canção da ARJ da Macedónia:

Nina PintoMais uma canção ”up tempo” que a julgar pelas actuações desta jovem cantora onde se denotou uma certa falta de empatia com o público e as suas fraquezas vocais será difícil passar à final. 11/20

Nuno Marques da SilvaEsta música tem um “je ne sais quoi” do dance dos anos 80. Talvez por isso acabe por recolher alguma simpatia. Ainda assim acho que a intérprete não vai ter muita companhia para dançar (pelos menos nos votos). 13/20

Pedro SáEspero a melhor classificação de sempre para este país com esta canção simplesmente excelente. 18/20

Sérgio Lourosa AlvesOutra opção na Eurovisão deste ano de uma música eletrónica e dançante. É uma música que acaba ser repetitiva, sem grandes dinâmicas, num refrão, que apesar de forte e de fácil memorização, é levado à exaustão na sua repetição. É uma música que tem muitos efeitos e sintetizador, acabando por se perder a verdadeira voz e timbre da intérprete. Em palco, os efeitos e encenação deve seguir a mesma via, tornando-se uma música artificial e com pouco impacto emocional. 10/20

Sofia Vieira LopesUma música para pôr o público em Kiev a dançar. Uma voz sintetizada que, nos primeiros segundos, me fez lembrar os Garbage. Não aprecio a canção mas percebo o que poderá agradar ao público. É uma canção animada que poderá “ficar no ouvido”, muito próxima do que se ouve nas rádios. 14/20

Carluz BeloCom uma interessante produção musical a puxar para a contemporaneidade, o tema apela às pistas de dança de forma cativante. Vídeo muito bem conseguido a explorar a descartabilidade da mulher e do universo feminino a partir duma certa idade, na visão dos média, na sociedade em que vivemos. Não é das canções que mais me prende a atenção este ano, mas não compromete e leva nota positiva. 14/20

João FerreiraUm dos países que menos sucesso tem na Eurovisão, contratou este ano a equipa que também é responsável pela canção sérvia e búlgara. “Dance Alone” é uma música alegre e cheia de ritmo que tem os seus pontos fortes na produção contemporânea e muito cuidada e nos detalhes da construção musical: “I let it go, I let it go wild”… É um tema que facilmente poderá alcançar êxito nas rádios e será um das canções mais aguardadas no EuroClub, não duvido.
Não sendo das minhas favoritas espero um agradável momento em palco, com uma grande performance. Chegará para a Final? A ver vamos… 11/20

Jorge Mangorrinha  – A companhia faz bem, mesmo na dança, por isso sozinho sabe a pouco, embora aqui haja uma mensagem subjacente. 12/20

Comentários dos elementos do site Festivais da Canção à canção da ARJ da Macedónia:

Carlos Portelo  – Deste país dos Balcãs veio um convite à dança. Um tema completamente descaracterizado das suas raízes culturais. Forte dentro do género musical em que se insere. 11/20

Gonçalo CoelhoSurpreendente escolha da Macedónia! Uma das melhores canções do ano – uma deliciosa escapadela do pop do século XXI às sonoridades dos anos 80. Há aqui qualquer coisa de Madonna, que por si só significa algo fresco no contexto da Eurovisão. No entanto, não fico totalmente seguro com esta proposta da Macedónia precisamente por vir do país de onde vem – um país que, ano após ano, estraga as suas propostas com péssimas apresentações em palco e péssimos visuais. A surgir em terceiro lugar na ordem de atuação, não ficaria nada espantado se, por desmérito próprio e por causa de tudo aquilo que se vai ouvir depois dela, a Macedónia acabasse por ficar pela semifinal. 17/20

Guilherme RuivoDentro das canções dance deste ano, esta aparenta ser das melhores, mas é difícil imaginar como será em palco com base no videoclip. É um tema muito interessante, mas para as pistas de dança. Creio que se perderá completamente ao vivo. Ainda assim, é uma proposta sólida. Pode ser que passe a semifinal, mas tenho algumas dúvidas. Com canções melhores, a Macedónia ficou pelo caminho. Se passar, não quebrará recorde nenhum para o país e deverá ficar pelo meio da tabela graças a votos vizinhos.13/20

João Velada – Parece que esta canção dance da Macedónia tem recebido uma grande aceitação por parte dos fãs da Eurovisão, mas, quanto a mim, é uma grande desilusão vinda de um país que normalmente costuma primar por fugir à corrente mainstream. Muito genérica e monótona, mas talvez até passe à final. 06/20

Luís PereiraUm tema que faz lembrar algumas canções dos anos 80. Pessoalmente nunca simpatizei com esta sonoridade vocal metalizada. Sinceramente tenho sérias dúvidas na sua passagem à final. 08/20

Maria Fernanda Fonseca “Dance Alone”, é mais uma canção desta semifinal completamente fora de moda. Não encontro nada que possa destacar neste tema. Que passem depressa estes 3 minutos e venha a próxima.  04/20

Miguel MeiraA Macedónia traz-nos um tema dance eletrónico muito a soar a anos 80 e talvez por isso se afaste da maior parte dos temas mexidos desta edição. É o seu ponto favorável, sem dúvida. No entanto, a voz da cantora não me traz muita segurança no seu desempenho em palco. Quanto à classificação não sei se passará à final, dado que a Macedónia não aposta muito nos seus desempenhos em palco. Vamos ver. 13/20

Vasco da Câmara PereiraA canção da Macedónia lembra-me imenso o trabalho dos suecos Cardigans nos anos 90. Como a grande maioria este ano, é uma canção pop pouco original e pouco memorável, mas que se ouve bem. 13/20

André Miguel GodinhoUma das poucas canções dance este ano. Só por isso já faz a diferença, e no bom sentido. É uma proposta interessante e um tanto diferente do que costumam apresentar no palco da Eurovisão. 16/20

Pontuação Média dos Jurados Convidados: 12,87 Pontuação Média dos Jurados do Site Festivais da Canção: 11,22
Pontuação Total: 204 pontos | Pontuação Média de todos os jurados: 12,00
Intervalo de Pontuação entre: 04 e 18 respetivamente de Maria Fernanda Fonseca e de Pedro Sá.

Fonte: Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s