Esta Festa das Canções – O nosso painel comenta a canção de Espanha

A nossa vizinha Espanha iniciou as suas presenças no Festival da Eurovisão em 1961 e desde então sempre marcou presença nas finais do ESC, até porque é um dos Big 5.
A Espanha venceu por duas vezes o Festival da Eurovisão, em 1968 com Massiel com La, La, La e no ano seguinte com Vivo cantando por Salomé, nesse ano esta vitória foi repartida por mais três países: França, Holanda e Reino Unido. As canções espanholas alcançaram o Top 5 por 10 vezes.
Este ano, a Espanha fez a sua final nacional e apurou a canção Do it for your lover com interpretação de Manel Navarro.
Aceda aqui à nossa ficha para a canção de Espanha.

Comentários dos nossos convidados especiais à canção de Espanha:

Nuno Marques da SilvaDepois do agitado processo de seleção o que se pode dizer é que a sorte de nuestros hermanos é terem a presença garantida na final porque esta será provavelmente das propostas mais fracas que já vi de Espanha. Música de verão para ouvir na praia sem dúvida mas nada mais. 02/20

Pedro SáLamento dizê-lo, mas…horrível. Muito, muito, muito má. Este vai ser daqueles anos, felizmente raros, em que a canção espanhola é tão má que não votarei na Espanha. 03/20

Sérgio Lourosa AlvesEspanha, “nuestros hermanos”, vão ficar novamente num dos últimos lugares. Mas, desta vez, com razão para tal e por culpa da escolha controversa dos nossos vizinhos. Numa final nacional, quase manipulada, em que, perante um empate e tendo o público escolhido outra música, (“Contigo” da Mirela), teria que ser esta a opção da Espanha para a Eurovisão 2017, e nunca a decisão do júri. Estando assim consumado, é uma música num género de Jason Mraz, que, para os dias de hoje, já está desatualizado e já está visto. A junção da língua espanhola nas estrofes e o refrão em inglês, está bem orquestrada, mas será dos únicos pontos positivos. A música não tem uma estrutura dinâmica. Era uma música que pediria uma parte com mais ritmo para puxar as palmas do público, por exemplo, e não tem. Sem falar nos péssimos efeitos eletrónicos em “reverse”. Nada melhora com um cantor que expressa imensa simpatia, mas desafina muito e não transmite qualquer segurança. 04/20

Sofia Vieira LopesEsta canção combina os versos em castelhano e o refrão em inglês mas, para além disso, não traz nada de novo. Parece que já ouvi esta canção muitas vezes… E já vi esta receita muitas vezes… Vale pela boa disposição e por uma memória remota de um verão na praia… Talvez… 12/20

Carluz BeloQue bom ouvir um pouco de Espanhol! Sou muito suspeito, porque amo de paixão todas as línguas latinas. O facto da canção ser bilingue poderia ser um tiro ao lado por completo, mas a escolha de um ritmo tão balançado, faz com que tudo encaixe sem grandes sobressaltos. Não me parece ser um tema particularmente original mas deixa no ar um “Bom Feeling”, como cantaria a nossa Sara Tavares. O cantor tem uma imagem cativante, mas é pena não demonstrar um pouco mais de arrojo vocal. Peca um pouco por ser repetitiva. 14/20

João Ferreira – Apesar de todas as polémicas e todo o drama gerado na seleção espanhola este ano, a verdade é que os “nuestros hermanos” serão representados em Kiev por Manel Navarro e “Do it for you lover”. Um tema principalmente acústico, que nos faz lembrar um final de dia praia numa tarde de verão. E só.
“Do it for your lover” peca pela falta de originalidade, pela ausência de uma boa melodia, que torna o tema cansativo, muito repetitivo e facilmente esquecível. Nada de bom para os nossos vizinhos que podem arriscar a um resultado igual ou pior do que Barei em 2016.
Manel foi simpático, cool e muito porreiro quando esteve há pouco tempo em Lisboa.  Se de Espanha, diz o povo, “nem bons ventos, nem bons casamentos” a verdade é que Manel tem tecido os maiores elogios a Salvador Sobral e à canção Portuguesa. 10/20

Jorge MangorrinhaFazer “isto” pelo amor? 08/20

Nina PintoDepois de tanta polémica na seleção desta canção que gerou a fúria de muitos fãs, a verdade é que embora não seja uma obra-prima é uma canção pop, alegre, despretensiosa. Não estará com certeza nos lugares cimeiros mas a sua classificação dependerá muito da prestação do seu jovem cantor. 11/20

Comentários dos elementos do site Festivais da Canção à canção de Espanha:

André Miguel GodinhoUma canção bem disposta, que nos transporta para o verão, para a praia. Não havia necessidade de ser bilingue, acho que a Europa prefere uma Espanha assumidamente latina. 14/20

Carlos PorteloUma canção que fala da próxima estação que aí vem, o Verão. Um tema bem disposto com cheiro a mar e sol. Manel Navarro defende-a bem. Espanha vai ter o meu voto, como o tem tido todos os anos. 13/20

Gonçalo CoelhoPolémicas à parte, Espanha não vai mal representada este ano para a Eurovisão, embora seja certo que o país consegue fazer muito melhor que isto. “Do It For Your Lover” é uma canção muito simpática e agradável, ideal para os dias mais quentes que se avizinham, para se escutar num bar com vista para o mar enquanto se convive com amigos. Não é, de todo, uma canção que possa brilhar muito numa competição como esta, porque lhe faltam coisas para ser memorável. Entre 25 outras canções, a proposta espanhola corre o risco de ser catalogada como “apenas uma canção porreira e boa onda” e depois ser esquecida no momento das votações. Não prevejo uma classificação diferente para Espanha que não seja o bottom 5. Dito isto, Manel é muito simpático e tenho a certeza de que dará o melhor de si em representação dos nossos vizinhos. 15/20

Guilherme RuivoUm tema a lembrar um pouco Richie Campbell, mas que não terá grandes hipóteses no ESC. O cantor não é nada de especial, mal se percebe quando canta inglês. Espanha, salvo raríssimas exceções, não se sabe apresentar em palco. Sempre que tem uma canção boa, perde-se em palco, como nos últimos dois anos. Com este “Do it for your lover”, nem precisam esforçar-se. Talvez seja uma canção bem pontuada por Portugal, França e Itália, mas estes são únicos pontos que irá receber. 10/20

João VeladaUma canção que detestei quando venceu a final nacional espanhola. No entanto, enquanto a maioria das pessoas continua a detestá-la, eu passei a apreciá-la progressivamente. É certo que é das canções menos competitivas que a Espanha tem levado à Eurovisão nos últimos anos e está destinada a dar mais um fraco resultado aos nossos vizinhos, mas esta boa onda reggae totalmente despretensiosa é uma lufada de ar fresco no meio da competição deste ano. 12/20

Luís PereiraEu gosto desta canção. “Do it for your lover” é um tema muito bonito e muito bem interpretado por Manel Navarro. Gosto muito do timbre vocal deste cantor e sinceramente espero que fique bem classificada em Kiev. 15/20

Maria Fernanda FonsecaNão estou habituada a ver na Eurovisão temas iguais a este feito pelos nossos vizinhos Espanhóis. Outro país que já está na final com uma canção pobre, repetitiva. Onde estão aqueles temas bem fortes carregados daquele sotaque e salero que os caracterizam e que tanto nos habituaram? Um tema que não merece estar já classificado para estar na final. Muito medíocre digo eu. 06/20

Miguel MeiraO tema de “nuestros hermanos” é um simples tema espanhol que facilmente fica no ouvido. Uma canção bem-disposta, com um refrão em inglês, para chamar a atenção e que poderá ser um grande êxito de Verão. Creio que longe vão os tempos das boas apostas espanholas, mas ainda assim Manel Navarro cumpre e esperemos que se aguente no grande palco eurovisivo. 13/20

Vasco da Câmara PereiraEscolha completamente ao lado a que os nossos vizinhos fizeram. Sempre que tentam fazer uma seleção não interna, Espanha acaba por ter a concurso canções fraquinhas e sem grande inspiração. Este ano não foi exceção: era tudo muito fraquinho e conseguiram, mesmo assim, escolher uma das piores. Uma canção que parece nunca mais acabar, de tão repetitiva que é. Muito mau mesmo.  04/20

Pontuação Média dos Jurados Convidados: 08,00 Pontuação Média dos Jurados do Site Festivais da Canção: 11,33
Pontuação Total: 166 pontos | Pontuação Média de todos os jurados: 09,76
Intervalo de Pontuação entre: 02 e 15 respetivamente de Nuno Marques da Silva e de Gonçalo Coelho/Luís Pereira.

Apresentamos o nosso ranking com as 20 canções nossas finalistas (saídas da primeira e segunda semifinais) acrescido das canções finalistas à partida. Aqui já com a pontuação às canções da Alemanha e de Espanha.

Posição País Pontos Média
Portugal 327 19,23
Finlândia 296 17,41
Bielorrússia 252 14,82
Bélgica 251 14,76
Hungria 250 14,70
Irlanda 247 14,53
Austrália 246 14,47
Estónia 243 14,29
Arménia 240 14,12
10º Bulgária 239 14,06
11º Holanda 238 14,00
12º República Checa 237 13,94
13º Israel 235 13,82
14º Malta 234 13,76
14º Geórgia 234 13,76
16º Suécia 229 13,47
17º Suíça 227 13,35
17º Eslovénia 227 13,35
19º Azerbaijão 224 13,18
20º Dinamarca 213 12,53
21º Espanha 166 09,76
22º Alemanha 156 09,18

Fonte: Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s