Eu me confesso |artigo de opinião|

Eu me confesso: Quando aqui na RTP ouvi pela primeira vez a canção “Amar pelos Dois”, perguntei a mim mesma – o que é isto? Estranhei principalmente a parte da interpretação. Esperei para ouvir outras canções e ainda tive uma que era a minha favorita.

O tempo foi passando, e na final, após a sua vitória estava completamente rendida e mais, achava que estava perante uma grande hipótese de Portugal passar este ano à Final do Eurofestival.

Lá está ela, por mérito de Salvador Sobral mas não posso deixar de lembrar que a mentora de tudo isto foi a sua irmã Luísa Sobral. Foi dela que partiu a nossa reviravolta neste concurso, e com a interpretação Divina do seu irmão, estou pronta e com alguma esperança de ser este, o ano da nossa vitória.

A forma como eu vi esta 1ª semifinal é de um modo geral positiva. Sem cenários grandiosos e com 3 apresentadores masculinos, tudo foi feito com muita simplicidade e não se deu pelo tempo passar. As cantoras femininas optaram em grande maioria pelos vestidos, com transparências e a cor mais vista foi o branco. De preto, apenas a cantora da Finlândia, no tema “Black Bird” que merecia estar na final. A injustiça desta noite.

Já em relação à participação da Islândia, apesar da sua não passagem à final, destaco a excelente interpretação da sua cantora, encheu o palco e toda aquela sala com três minutos de enorme beleza na voz, postura e até o seu visual. Mais um lindo vestido branco, um dos mais bonitos desta noite.

Os “noivos” da Moldávia passaram, canção antiquada na minha opinião, mas naquele palco tudo se agiganta e foi o que lhes aconteceu. Lá estão na final, espero que não vão para lá “estragar” votações a outros países que merecem mais do que eles.

Momentos altos da noite, ouvirmos a canção vencedora de 2016, ainda é tocante, e as luzes e o silêncio ao redor da sala quando Salvador Sobral estava em palco que por sinal até nem foi onde os outros atuaram.

Tudo este ano está diferente para nós, algo de diferente tem a nossa canção, algo de diferente eu sinto que este ano se vai passar. Se é a vitória, se é o Top 5 não sei responder, mas que algo nos vai surpreender lá isso vai.

Até à Final Salvador, Portugal e não só estão consigo, “Vai tudo correr bem”.

Fonte: RTP / Festivais da Canção | Autora: Maria Fernanda Fonseca

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s