“Senti-me muito agradecida” – Luísa Sobral no Alta Definição

Luí­sa Sobral esteve há pouco no Alta Definição onde reviveu as emoções vividas durante o processo eurovisivo.

A compositora referiu que com a Eurovisão se emocionou como quando foi mãe, as emoções voltaram a estar à  flor da pele. Luí­sa Sobral ficou contente pela vitória da sua canção, por ela, pelo irmão e também pela RTP que mereceu esta vitória, até pelo seu historial de participações. A cantora e compositora realçou o bom ambiente vivido com todos os elementos da comitiva portuguesa.

Luí­sa sublinhou que o seu irmão se apercebeu do que era a Eurovisão, em todo o seu glamour, quando aterrou na passadeira vermelha. Embora a postura de Salvador e de Luí­sa Sobral ser diferente do que é habitualmente o modo de estar das delegações estrangeiras perante o Festival da Eurovisão, a compositora referiu que não deixaram de ser eles próprios e foi com essa atitude genuí­na que marcaram a diferença, diferença esta que saiu vencedora, dizemos nós.
Salvador, por vezes, sentia-se deslocado e era Luísa que o chamava à  razão. A compositora de Amar pelos Dois a propósito de todas as emoções vividas em Kiev e depois no Aeroporto de Lisboa, destacou que sabe que foram momentos únicos que não se irão repetir e que por isso mesmo são especiais, não escondendo que chorou aquando das votações da grande final e quando viu o mar de gente que estava no Aeroporto de Lisboa para os felicitar a gritarem pelos seus nome e por Portugal.

Os nossos pais fazem muito daquilo que nós somos foi uma das frases que Luísa Sobral referiu a propósito da educação que ela e Salvador receberam dos seus pais. A cantora e compositora confessou que gostaria de ter tido outro irmão.

Luísa Sobral falou da angústia que teve quando a sua canção venceu o Festival da Canção, no Coliseu dos Recreios de Lisboa, porque sentiu que poderia estar a enganar quem votou na sua canção, na medida em que devido ao problema de saúde do seu irmão, ele poderia não poder ir a Kiev e em vez de se sentir feliz sentiu-se angustiada. Felizmente tudo correu pelo melhor e Luísa sente que tal como com nascimento do seu filho, a Eurovisão aconteceu no momento certo, esperando que outro momento certo chegue, referindo-se à  solução para o problema de saúde de Salvador Sobral. A compositora não imaginava que a sua canção pudesse sequer ganhar o Festival da Canção e quando isso aconteceu sentiu-se culpada, porque com isso colocava o problema de saúde do seu irmão inevitavelmente a público que antes estava em anonimato. Foi um misto de emoções e sentimentos positivos mas também preocupantes.

A família, a carreira e a Eurovisão foram os três grandes polos aglutinadores desta partilha de vivências e de emoções para com Daniel Oliveira em particular e para com os telespetadores em particular.

Se não assistiu a esta emissão de Alta Definição volte atrás nas gravações automáticas, caso possua uma box televisiva, ou então espere que a SIC coloque este emissão online.

Fonte: SIC, Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s