ESC2018 – O Norte do País mobiliza-se para acolher o evento

A vitória de Portugal no Festival Eurovisão da Canção em Kiev traz a oportunidade ao nosso país de organizar o evento em 2018. A RTP já fez saber que irá assegurar a  organização da edição do próximo ano, só falta saber qual a cidade que irá ser escolhida.
A cidade que à partida reúne todas as condições é Lisboa e o Meo Arena é o local preferido da EBU.

O Presidente da Câmara Municipal do Porto, Dr. Rui Moreira, nas suas primeiras declarações logo após a vitória de Salvador Sobral disse que não estava interessado em acolher o certame.
Porém, algo parece ter mudado e o Conselho Metropolitano do Porto vai amanhã debater o assunto, tendo o seu presidente, Emídio Sousa, declarado à Agência Lusa que o Europarque de Santa Maria da Feira poderia receber o ESC e citamos A Área Metropolitana do Porto, tendo um equipamento de excelência como o Europarque, localizado em Santa Maria da Feira, poderia vir a receber o festival da Eurovisão. Penso que com uma verba, talvez, inferior a 10 milhões de euros, seria possível realizar o evento.
Por outro lado Rui Moreira, segundo o Portal do Porto, enviou uma carta ao Presidente do Conselho Metropolitano do Porto, onde se mostra disponível para apoiar as candidaturas da Área Metropolitano do Porto, apontando o Europarque e o Multiusos de Gondomar como locais que poderão acolher os três espetáculos. O Presidente da cidade invicta acrescentou Quanto ao festival da Eurovisão: parece estar pré-determinado que decorrerá em Lisboa, mas trata-se de um evento que será organizado pela RTP. Ora, a exemplo do que sucede noutros países, seria bom que não ficasse subentendido que tem de ser em Lisboa, tendo ainda acrescentado A área metropolitana tem todas as condições logísticas e hoteleiras para poder acolher os visitantes, não se entendendo porque parece excluída à partida. Que fique claro, a cidade do Porto não tem nenhum equipamento com as características exigidas, mas estará ao lado de qualquer município da Área Metropolitana que pretenda apresentar uma candidatura.

Também a cidade berço, ou seja, Guimarães parece estar interessada em candidatar-se a acolher o Festival da Eurovisão. O Diretor Executivo da Tempo Livre, Dr. Aníbal Rocha, responsável pelo Multiusos de Guimarães, em declarações ao site Duas Caras disse: Manifestamos publicamente que deve ser aberto o concurso e Guimarães estará interessado em avaliar se tem condições ou não para concorrer.

O país parece mobilizar-se para acolher a grande festa da música do continente europeu que é a mais vista em todo o mundo.

Lisboa? Porto? Guimarães?

A EBU tem uma palavra a dizer e a RTP uma decisão a tomar.

Fonte: Sapo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s