Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas – A importância de “Amar pelos Dois”

Hoje comemora-se o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, num ano em que somos Campeões Europeus de Futebol, título conquistado o ano passado em França e vencedores da edição deste ano do Festival Eurovisão da Canção.

Muito se tem escrito sobre a histórica  vitória da canção portuguesa no Festival da Eurovisão. Contudo, hoje mais que nunca, é pertinente salientarmos alguns pontos sobre a nossa arrebatadora vitória em Kiev.
Esta vitória de Portugal no Festival Eurovisão da Canção foi tão mais estrondosa, não só por termos vencido, com larga margem de votos, nem também pela facto relevante da nossa canção ter convencido o júri e o público que por essa Europa fora e Austrália não ficaram indiferentes a Amar pelos Dois e a Salvador Sobral, mas muito pelo facto de termos alcançado tudo isto com um produto português. Foi com uma canção feita por uma compositora portuguesa e interpretada na língua de Camões, poeta que hoje se comemora, que esta vitória teve ainda um sabor maior.
Não foi necessário socorremo-nos de compositores estrangeiros, onde estaríamos descaracterizadas de nós mesmos, nem de trocarmos o idioma português pelo inglês, para vencermos com tamanha expressão o Festival da Eurovisão, onde iniciámos as nossas participações há 53 anos, com 49 tentativas de alcançar o feito deste ano. Apenas precisámos de ser nós próprios, levar um produto simples e de qualidade que Luísa Sobral tão bem concebeu e termos um cantor que soube eximiamente transmitir a mensagem musical e poética de Amar pelos Dois para que uma Europa inteira amasse a nossa canção, onde até foi referido, por críticos ingleses, que a nossa língua é musical.
Como quase sempre é preciso os estrangeiros dizerem para que os portugueses (alguns) acreditem no valor que existe neste país chamado Portugal. A vitória de Portugal na Eurovisão seria sempre bem aceite, mas não teria o mesmo sabor se a nossa canção não fosse mesmo nossa, ou seja, feita por portugueses e em português, o que deixou orgulhosos todos os portugueses espalhados pelo mundo.

Neste Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas não podíamos deixar de salientar a importância da canção Amar pelos Dois, de Luísa Sobral, de Salvador Sobral e do empenho da RTP, na defesa dos nossos valores, ao ter convidado para o Festival da Canção apenas compositores nacionais.

Fique com  histórica vitória de Portugal na Eurovisão e com o hino deste país que é o nosso por Dulce Pontes, outros dos grandes valores da cultura portuguesa.

Fonte: Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s