“Cento e Onze Discos Portugueses: A Música na Rádio Pública” – O livro

Foi hoje apresentado à imprensa do livro  Antena 3 denominado Cento e Onze Discos Portugueses: A Música na Rádio Pública. Um livro dirigido pela equipa da Antena 3 (Henrique Amaro, Luís Oliveira e Nuno Reis) e da RTP. Uma obra baseada em 111 simbólicos discos que assinalam 80 anos de música portuguesa e contam, de certo modo, a história da rádio pública e do próprio país.
A música portuguesa sempre espelhou a realidade portuguesa e por vezes influenciou essa mesma realidade. A música, ao longo destas décadas, não só foi uma consequência da vida cultural, social e política da época em que se inseria, como também interveio, ajudando muitas vezes a mudar o rumo de algumas situações.
Tantos foram os autores que furando as malhas  da censura tentaram e conseguiram, muitas vezes, passar a sua menagem.
O Festival da Canção tem vários exemplos deste intervir na vida social e política do antigo regime, onde Ary dos Santos teve um papel muito importante. Desfolhada, Canção de MadrugarTourada são apenas alguns exemplos de mensagens que passaram, apesar de terem serem sido submetidos ao sinistro lápis dos censores que muitos deles não devia nada à inteligência e ainda bem porque assim algumas obras se fizeram ouvir nas rádios e na televisão antes do dia de 25 de Abril de 1974.

Este livro foi escrito por 50 pessoas ligadas à rádio onde destacamos também os nomes de João Carlos Callixto e de Nuno Galopim, uma edição da Afrontamento edições, com o apoio da FNAC Portugal.

Deixamos aqui o press release, assim, como o destaque em vídeo:

APRESENTAÇÃO DO LIVRO ANTENA 3
“CENTO E ONZE DISCOS PORTUGUESES: A MÚSICA NA RÁDIO PÚBLICA”

Os oitenta anos da rádio pública em Portugal foram o pretexto mas o processo acabou por ganhar vida própria e o que começou por ser uma vontade da Antena 3 em escolher discos simbólicos para a Rádio portuguesa, transformou-se num projeto mais ambicioso.

Não pretendemos ter a escolha definitiva dos discos portugueses mais importantes destes oitenta anos mas não duvidamos que os que elegemos são fundamentais para contar a história da música nacional e, em paralelo, a da rádio pública no nosso país.

Podíamos ter optado por um número mais redondo, costuma ser regra, mas não quisemos subordinar o resultado à forma, preferimos um número irregular e livre que permitisse abrir espaço para discos mais recentes, ou estranhos, provavelmente condenados ao sacrifício, se a lista fosse mais curta.

Alguns destes cento e onze discos manifestaram‑se de forma imediata, outros exigiram alguma reflexão no sentido de cumprir um dos principais critérios: um disco por artista.

Há casos em que este espartilho foi muito apertado mas foi um imperativo assumido.

Combinando depois a média democrática de gostos pessoais com o que consideramos ser justiça histórica e objetividade jornalística, tentámos ser diversos nos estilos, épocas e formatos. Para dar sentido e consistência ao projeto, convidámos investigadores, jornalistas, críticos, divulgadores e melómanos ligados ao universo radiofónico a fazer as suas escolhas e a defender os seus argumentos. Todos aceitaram de forma entusiasta.

O trabalho foi longo, o processo atribulado, como acontece sempre nas coisas que apaixonam, mas o resultado enche‑nos de orgulho. Não só este é um apanhado da mais significativa música gravada e editada em Portugal, como uma coletânea de textos de pessoas com papel determinante na divulgação de música no nosso país. Além disso, permite também perceber a evolução e as tendências que foram marcando o design gráfico de capas de discos e como estas dialogam com o conteúdo musical que envolvem. Um puzzle de cento e onze peças que compõe uma panorâmica da música feita em Portugal.

                                                                                                     ANTENA 3
Nuno Reis,
Henrique Amaro e Luís Oliveira

Fonte RTP, RDP

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s