“Toda a cidade ardia” no Teatro Aberto com Sílvia Filipe

Toda A Cidade Ardia está em cena no Teatro Aberto só até amanhã. É uma peça baseada em textos da escritora e jornalista Alice Vieira, e que se confunde com alguns aspetos da própria vida da mesma. Foi escrita e encenada por Marta Dias e tem como protagonistas Ana Guiomar e Sílvia Filipe, que dividem as protagonistas em fases diferentes da vida.

O texto “conta a história de um amor imenso e impossível, que abarca a vida de uma mulher e, assim, os últimos setenta anos da História do nosso país, refletindo as mudanças de ordem política, económica e cultural que se verificaram, através da sua vivência, das suas palavras”. Essa mulher é Ana: “Ana tem uma história, feita de muitas histórias, que atravessa a História. Ela vai levar-nos através da cidade cinzenta, da cidade em chamas, de revoluções e cantigas de embalar, pelo barulho das rotativas, pelo cheiro a tinta e pelas palavras escolhidas com cuidado. Ela vai abrir todos os livros, dobrar as esquinas de todas as ruas e levar-nos pelo meio dos retratos desfocados do passado, pela alegria e pela serenidade dos dias em família, pela poeira do tempo que escorre, pelo silêncio da noite… vendo os ramos das árvores balouçarem e crescerem”.

É uma peça muito bem interpretada e encenada, que parece um musical, sem o ser, em contantes mudanças de cenários e situações, com muitos momentos intensos entre o drama e o humor, como a própria vida, e ali podemos recordar a vida das últimas décadas em Portugal, tendo como fio condutor a história de Ana.

Sílvia Filipe, que dá vida à fase madura da personagem, já participou no Festival da Canção em 2006, fazendo parte do grupo Mariafolia que interpretaram a canção Bem Mais Além. Já protagonizou neste mesmo teatro a peça Cândida: Uma História Portuguesa, onde deu corpo a Cândida Branca Flor, peça que tinha como ponto de partida precisamente o Festival da Canção de 1982, onde a cantora participou com Trocas E Baldrocas, classificando-se em 2.º lugar.

Não deve perder a oportunidade de ver a peça Toda A Cidade Ardia. Amanhã é a sua última representação.

Fonte: Festivais da Canção | Autor: André Miguel Godinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s