Sabe quem é Ricardo Dikk?

O nosso site vai às Festas de Verão e descobre músicos que já estiveram, não só no nosso Festival da Canção, como trabalharam ou ainda trabalham para cantores que nele já estiveram presentes como por exemplo para Rui Drumond (ESC2005, F2017), para quem ainda há muito pouco tempo este músico executou trabalhos.

Ele chama-se Ricardo Dikk  (nome artístico). Não sabe quem é? Eu explico.
Ricardo Pego, nasceu a 19 de Abril de 1976 em Lisboa. Desde cedo revelou as suas aptidões e muito novo começou a alinhar em projetos musicais no meio mais “underground”, tocando com várias bandas da emergente cena “Metal” portuguesa.
Em 1991, na procura de uma melhor formação, entrou para o Hot Club Portugal, onde teve aulas com alguns dos mais conceituados professores da altura.
Nessa época inicia atividade profissional com bandas de “Covers” e atua com regularidade nos muitos bares que começam a surgir. Ao mesmo tempo, começam os trabalhos de estúdio, que o levam a interessar-se também pelos aspetos da produção e engenharia de som.
A partir de 1998, trabalha com o guitarrista e produtor Gonçalo Pereira em diversas produções como baixista e engenheiro de som, destacando-se os álbuns “Tricot no País das Maravilhas” e “Upgrade”, do próprio Gonçalo Pereira, entre outros trabalhos comerciais.

Foi o início de um ciclo que o levou a trabalhar nos anos seguintes com vários artistas e músicos de renome, alguns deles fazem parte da nossa História na Festival da Canção, entre os quais se destacam Nuno Guerreiro, Rui Veloso (FC1986), Adelaide Ferreira (FC1980, FC1984, FC/ESC1985, FC2015), Ménito Ramos (FC2008, FC2012), Rita Guerra (FC1992 e ESC2003) e Beto (FC2006), em concertos ao vivo bem como em estúdio. Esteve ainda envolvido nos dois álbuns da banda de originais “Blister”, que partilhou com Gonçalo Pereira, Mauro Ramos e Hugo Piló.

Ativo também na produção, trabalhou com várias bandas na área do “Metal” e Rock, onde se destacam os Deepskin, Tara Perdida e os Civic, entre outros projetos em que participou como produtor. Foi ainda professor na escola “MusicLand” durante 3 anos, além de dar aulas particulares.

Mais recentemente, fundou em 2005 em conjunto com Ares, membro original dos Moonspell, o projeto “Witchbreed”, banda de originais, onde ocupava as funções de guitarrista e produtor, e onde teve a oportunidade de trabalhar num âmbito mais internacional com alguns músicos de renome, nomeadamente o produtor Waldemar Sorytcha.

Atualmente podemos vê-lo por todo o país a tocar em projetos variados, entre os quais o Trio Manaia, Rocking Horse, Klepht, Tribu,Tributo a Jimi Hendrix, Rui Drumond, 69 Graus, nos Concertos de David Antunes & Midnight Band, entre outros.
E foi exatamente nestes últimos em que estive à conversa com este Músico, neste momentos é dos melhores tocadores de viola baixo que temos em Portugal, para além de também tocar piano. É simpático e tem uma postura de palco inconfundível.

Fonte: Festivais da Canção | Autora: Maria Fernanda Fonseca

Um pensamento sobre “Sabe quem é Ricardo Dikk?

  1. Pingback: Estivemos nas Festas de Verão de Arrouquelas e de Porto Alto |

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s