Amadeu Diniz da Fonseca homenageia Ribeira Chã, nos Açores

Ribeira Chã é uma freguesia da ilha de São Miguel nos Açores, que foi recentemente homenageada por Amadeu Diniz da Fonseca, conhecido autor e compositor.

Amadeu Diniz da Fonseca passou por Ribeira Chã durante umas férias e despertou nele os sentimentos musicais e poéticos que o levaram a compor este hino, intitulado Tema de Ribeira Chã. Esta canção foi finalizada na própria freguesia, em conjunto com José Pacheco, do grupo musical Filhos da Terra, que depois interpretou o tema, dirigidos pelo autor.

Na passado dia 1 de agosto de 2017 deu-se o encerramento das festas desta localidade e o grupo Filhos da Terra, de Ribeira Chã, interpretou pela primeira vez este tema.

Amadeu Diniz da Fonseca nasceu em Lisboa, a 1 de Março de 1951. É autor e desde pequeno que a paixão pela escrita falou mais alto. Começou como jornalista no Notícias da Beira, em Moçambique e foi diretor do jornal O Tabuense. No entanto, a poesia é a sua forma de expressão predileta e a música uma das suas paixões. Os anos 80 e 90 marcaram de forma intensa a sua atividade musical com participações em Festivais da Canção e a partir de 1992 foi o responsável pelas versões portuguesas do grupo Ministars. Como letrista participou também nos temas do Pirilampo Mágico e enquanto compositor e autor fez temas para António SalaLuís FilipeAlexandra e António Pinto Basto. Poucos anos antes do centenário do Benfica lançou o Grito do Benfica interpretado por Carlos Guilherme e Alexandra. Recentemente tem alargado o seu repertório ao fado, onde podemos ouvir letras suas nas vozes de José da Câmara e Maria João Quadros. É um dos colaboradores da SPA – Sociedade Portuguesa de Autores. Em 2013 lançou um livro de poesia intitulado Ousadia.

Participou com três letras suas nos Festivais da Canção, todas em parceria com Luís Filipe. A primeira delas foi no Prémio Nacional de Música de 1988, com o tema Se Calhar, interpretado por Nucha, depois em 1993 é autor do tema Talvez Noutro Lugar, que Liza Mayo cantou e por fim, no ano seguinte, com Lisboa, Minha Linda Cidade, defendida por José Carvalho.

Deixamos a letra desta canção em baixo.

Tema de Ribeira Chã

Música e Letra: Amadeu Diniz da Fonseca

Ribeira Chã
Minha terra perfumada
Pelas flores de uma levada
Que me dão consolação.

Lugar bendito,
Meu amado chão sagrado
Teu silêncio apaixonado
Canta no meu coração.

Por mais que eu viva
E percorra o mundo inteiro
Tens para mim o mar primeiro
Minha cruz na procissão.

Fonte: Jornal Azorestoday, Festivais da Canção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s